sábado, 11 de fevereiro de 2012

Maria Mole

A Maria Mole é um doce típico brasileiro, feito com açúcar, claras em neve, gelatina incolor e – opcionalmente – coco ralado para a cobertura. Doce criado em São Paulo, por Antonio Bergamo, descendente de Italianos que fabricavam doces. Na tentativa de aproveitar as claras de ovos, conseguiu um suspiro mais consistente e adicionou gelatina a receita. Após arrefecer verificou que ao contrário das expectativas não endureceu , ficou mole, dai surgiu o nome Maria-Mole.


Ingredientes:
2 chávenas (chá) de açúcar
1 chávenas (chá) de água
4 claras batidas em castelo (firmes)
1 embalagem de gelatina sem sabor (20 grs)
coco ralado q.b.

Modo de Fazer:
Leve ao fogo o açúcar com a água e ferva por cerca de 10 minutos.
Bata as claras em castelo bem firmes e junte a calda quente, aos poucos, sem parar de bater. Acrescente gelatina, previamente amolecida com 1/2 chávena (chá) de água dissolvida em banho-maria, batendo por mais alguns minutos.
Espalhe num tabuleiro (22 cm por 35 cm) previamente untado com manteiga e leve ao frigorífico por 3 horas, no mínimo.
Corte em quadrados (cerca de 4 cm de lado) e passe, um a um, no coco ralado.



Versão Rápida
1 chávena de água (chá) (250ml)
2 chávenas (chá) de açúcar
24 grs. de gelatina em pó sem sabor
1 colher (café) de essência de baunilha

Num fervedor coloque a água e a gelatina; leve ao lume até dissolver. Numa batedeira coloque o preparado de água e gelatina gelatina, o açúcar e a baunilha. Bata durante 10 minutos até obter uma massa espessa.
Coloque num tabuleiro untado com manteiga e leve ao frigorífico, cerca de 1 hora. Com uma faca untada de óleo corte a Maria Mole aos quadradinhos e passe-os por coco ralado ou por açúcar.

2 comentários:

cmadre disse...

Após algumas experiências, conclui que a quantidade de gelatina utilizada pode ser reduzida para 20 grs. Fica mais "soft", delicada e macia...

cmadre disse...

Obviamente, estava a referir-me à receita da versão rápida de Maria-Mole. :))