quinta-feira, 20 de Novembro de 2014

Farófias Fingidas

A pensar em quem considera que só faço "coisas" muito difíceis. São idênticas às farófias, mas muito mais fáceis de preparar. Uma sobremesa simples e requintada e na qual se pode utilizar claras que, por vezes, nos sobram. Experimente...


Ingredientes:
4 claras, à temperatura ambiente
5 colheres (sopa) de açúcar
sal q. b.
canela q. b.
pudim instantâneo (tipo Mandarim ou outro a gosto)

Modo de Preparar:
Coloque as claras numa tigela grande e adicione uma pitada de sal. Bata, as claras, em castelo bem firme. De seguida adicione o açúcar e bata novamente até estar bem incorporado. As claras devem ficar muito consistentes.


Num recipiente de vidro que possa ir ao micro-ondas , deite colheradas de claras (tal como faria com as farófias). Leve ao micro-ondas, na potência máxima, exatamente 30 segundos. Repita a operação até terminarem as claras. 
Retire as farófias e, com cuidado, disponha-as num prato (ou em vários) de servir. Esta operação requer cuidado: deve retirar uma a uma com a ajuda de uma colher.
Faça o pudim de acordo com as instruções da embalagem.
Regue as Farófias com o pudim instantâneo e polvilhe com canela se desejar.
Deixe arrefecer e sirva...

terça-feira, 18 de Novembro de 2014

Chá de Hibisco

O hibiscus sabdariffa é uma planta medicinal, com múltiplos benefícios. Possui propriedades calmantes, diuréticas, digestivas entre outras. É, também, rico em antioxidantes.
O chá tem um lindo tom rosa forte e, é muito saboroso. 


Ingredientes:
1 litro de água
2 colheres (sopa) de flores de hibisco secas

Modo de Preparar:
Leve ao lume a água até começar a ferver. Nessa altura desligue o fogo e verta a água  para uma chaleira onde depositou as flores de hibisco. Deixe de infusão por 5 minutos. Depois sirva.
Pode ser bebido quente ou frio.
É uma delícia.

domingo, 16 de Novembro de 2014

Bolo Rei de Chocolate

Para todos os que não apreciam frutas cristalizadas, este Bolo Rei é uma boa alternativa. Experimente...

Ingredientes:
450 grs de farinha de trigo
50 grs de amido de milho
100 grs de açúcar
1 colher (café) de sal
1 saqueta de fermento seco (11 grs.)
2 ovos
30 grs de manteiga derretida
2 dl de leite
0,5 dl de aguardente velha
1 laranja, raspa e sumo

1 gema batida para pincelar o bolo
açúcar em pó q. b.
granulado de chocolate q. b.

Recheio:
200 grs de chocolate em barra
1 dl de leite
1 chávena (chá) de frutos secos picados: nozes, amêndoas, avelãs, pinhões e passas sem grainhas

Modo de Preparar:
Comece por dividir o leite amornar uma das partes. Dilua o fermento seco nessa leite.
Numa tigela grande, coloque todos os ingredientes e adicione o fermento desfeito. Amasse tudo muito bem; a massa deve ficar desprendida das bordas da tigela e formar uma bola. Deixe levedar, até duplicar de volume, em local aquecido.
Enquanto leveda, prepare o creme de chocolate. Leve o leite a ferver e verta-o sobre o chocolate partido aos pedaços; bata energicamente até dissolver. Deixe arrefecer para depois utilizar no recheio do bolo.
Polvilhe a bancada com farinha e despeje a massa. Estenda-a com a ajuda das mãos conferindo-lhe um formato retangular. Espalhe sobre a superfície da massa o chocolate. Por cima, distribua os frutos secos.

Enrole com cuidado; de seguida, faça um círculo, tendo o cuidado de fechar as pontas. Pincele o bolo com a gema batida. Com a ajuda de uma faca faça cortes à volta do bolo, sem chegar ao fundo. 
Coloque o bolo num tabuleiro forrado de papel vegetal. Polvilhe com chocolate granulado e açúcar em pó.


Leve ao forno pré-aquecido a 170º durante 40 minutos.


segunda-feira, 10 de Novembro de 2014

Macarrão com Carne de Vaca e Ervilhas

Almoço rápido e muito saboroso... pode ser feito com outro tipo de carne.


Ingredientes:
600 grs de carne de vaca
100 grs de bacon cortado às tiras
250 grs de ervilhas
1 cebola
1 dente de alho
1 folha de louro
1 haste de salsa
2 colheres (sopa) de polpa de tomate
azeite q. b.
sal e pimenta q. b.
Tabasco q. b. (opcional; pode ser substituído por piri-piri)
300 grs de macarrão GR Rigatoni
1 concha de água da cozedura da massa
queijo parmesão ralado a gosto

Modo de Preparar:
Comece por cortar a carne aos cubos, tempere com sal, pimenta, louro e salsa. Reserve.
Cozinhe a massa em água abundante temperada de sal, de acordo com as instruções da embalagem.
Pique finamente a cebola e o alho. Leve uma panela ao lume, cubra o fundo com azeite. Deixe aquecer e refogue a cebola e o alho. De seguida, junte o bacon e deixe fritar. Adicione a carne e deixe corar de todos os lados. Junte as ervilhas e deixe cozinhar em lume brando. Se considerar necessário adicione um pouco de água, para não pegar ou queimar. Passados alguns minutos. adicione a polpa de tomate e deixe apurar. Neste momento, se gostar, deve adicionar o picante - mas não demasiado. Adicione a água da cozedura da massa e deixe cozinhar até a carne estar tenra.
Adicione o macarrão previamente cozido à carne com ervilhas; rejeite a salsa e o louro. Envolva tudo muito bem. Deixe apurar cerca de 3 minutos, para que a massa absorva todos os sabores.
Sirva bem quente, polvilhado de queijo parmesão ralado.

sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

OPIHR - Gin Tónico

OPIHR é um gin premium de sabor irreverente e, rico em especiarias. No final fica um travo picante na boca.
Recomenda-se duas maneiras de o preparar: uma mais simples, só com um zest de laranja ou limão; e outra mais ousada, com umas gotas de tabasco.
Cá por casa optamos por prepara-lo simples (só com gelo e água tónica); e com limão e pimenta rosa.

Ingredientes:
5 cl de gin OPIHR
1 água tónica Schweppes Premium Mixer
1 zest de limão
pimenta rosa
gelo q. b.

Modo de Preparar:
Comece por arrefecer o copo com muito gelo. Rejeite a água que se formar. Perfume o interior e o bordo do copo com o zest de limão. Adicione algumas bagas de pimenta rosa. Verta o gin; e, com o auxílio de uma colher em espiral, verta cuidadosamente a água tonica.
No final, se preferir um toque mais picante acrescente algumas gotas de Tabasco.
Depois é só degustar calmamente.


Observação: Não esquecer «Seja Responsável, Beba com Moderação».

domingo, 19 de Outubro de 2014

Bolo de Caneca de Nutella

Quando apetece algo bom, rápido e simplesmente delicioso: a solução é o Bolo de Caneca.


Ingredientes:
1 ovo
3 colheres (sopa) de açúcar
3 colheres (sopa) de óleo
3 colheres (sopa) de leite
3 colheres (sopa) de Nutella
3 colheres (sopa) de cacau
3 colheres (sopa) de farinha de trigo
1 colher (café) de fermento em pó

Nota: Para que não fique demasiado doce, não usar chocolate em pó ou achocolatado. Ou então, reduza a quantidade de açúcar.

Modo de Preparar:
Numa tigela coloque o ovo inteiro, o açúcar, o leite e o óleo. Bata muito bem. De seguida, adicione, o cacau, a Nutella, a farinha e incorpore tudo muito bem. Por último adicione o fermento e bata bem. Distribua a massa por chávenas e leve durante 1 minuto e 30 segundos ao microondas. Deve ficar um bolo húmido. Sirva simples ou com uma bola de gelado e polvilhe com cacau.



sábado, 18 de Outubro de 2014

Caldo de Farinha

Este prato faz parte da gastronomia da minha aldeia. Fazia-se no inverno, por ser substancial; mas, também, aquando da matança do porco. As minhas avós eram umas verdadeiras mestras nesta iguaria. Contudo várias pessoas o faziam. O segredo consiste em desfazer muito bem a farinha para que fique sem grumos, muito semelhante a um creme espesso. É um prato simples, de gente simples... 
É bom recordar outros tempos e não esquecer as memórias gastronómicas.

Ingredientes:
farinha de milho (quanto mais branquinha melhor)
água
azeite
unto* ou banha
carne gorda de porco
couve galega finamente cegada (cortada)
sal q. b.
vinha d'alhos q. b.
vinagre (opcional)

Modo de Preparar:
Coloque a água numa panela e junte o azeite, o unto ou banha e a carne gorda de porco. Deixe ferver até obter uma calda. Adicione a couve galega e deixe cozinhar um pouco mais. adicione o vinha d'alhos e retifique de sal.
De seguida reduza a temperatura do lume e adicione farinha de milho aos poucos. 
2 recomendações:
atenção à agua fervente;
mexer com cuidado, porque vai borbulhar e salpicar.


Deve mexer-se continuamente, para que a farinha se desfaça por completo. a minha ficou ligeiramente grumosa. Deixe ferver até obter um creme espesso.
Sirva quente e se gostar acompanhe com um pouco de vinagre.
A carne que se utilizou no vinha d'alhos era assada na panela e degustada com broa.