segunda-feira, 18 de maio de 2015

Tinto - Gin Tónico com Lima e Pétalas de Rosa

Apresento outra versão de preparação do gin Tinto; na minha opinião, mais agradável e refrescante.
Experimente e diga-me a sua opinião...



Ingredientes:
5 cl de gin Tinto
1 água tónica Fever Tree
1 gomo de lima
2 pétalas de rosa secas
gelo q. b.

Modo de Preparar:
Coloque gelo num copo de pé alto para arrefecer. Retire o excesso de água. Aromatize os bordos do copo com o gomo de lima e dicione as pétalas de rosa. De seguida, verta o gin, e mexa cuidadosamente. Com o auxílio de uma colher em espiral verta a água tónica. 
Experimente calmamente...


Observação: Não esquecer - «Seja Responsável, Beba com Moderação»

segunda-feira, 11 de maio de 2015

Pão Gratinado (ou Pão da Partilha)

Como é bom petiscar; este pão é uma delícia. Relativamente fácil de preparar e delicioso para degustar. Experimente...


Ingredientes:
1 pão grande - saloio, pão alentejano, tipo Mafra, pão da avó, etc...
50 grs de queijo ralado (usei uma mistura de 4 queijos)
3 colheres (sopa) de manteiga (pode ser de ervas ou de alho)
50 grs de presunto cortado aos cubos
pimenta moída q. b.
oregãos q. b. ou mistura de ervas italianas

Modo de Preparar:
Pré aqueça o forno a 180º.
Comece por cortar o pão aos cubos sem chegar ao fundo, deixando-o com o aspeto de inteiro.
Barre o pão (os cortes e a superfície) com a manteiga derretida. Polvilhe com um pouco de pimenta.
Distribua de forma uniforme o presunto pelas aberturas do pão.


De seguida, distribua  a mistura de queijos ralados; verifique que o queijo fica espalhado por todos os cortes feitos no pão. Polvilhe com pimenta e oregãos.


Coloque o pão em cima de papel de alumínio e leve ao forno a gratinar; mais ou menos 20 minutos. O queijo deve ficar bem derretido e, o pão deve ficar levemente dourado. Escolha queijos de sabor forte.


Depois sirva simples ou com umas ameijoas, ver a receita aqui.
Delicioso...

domingo, 10 de maio de 2015

Gin Tinto

O Gin Tinto, é o primeiro Gin, com o mesmo nome, do mundo. É um Gin Primium diferente dos demais. 
Nasceu em Valença e, obviamente é português. É um gin muito frutado; extremamente aromático. Ideal para um dia de muito calor...



Ingredientes:
5 cl de gin Tinto
20cl de água tónica Fever Tree ou 1724
1 zest de lima
2 bagas de cardamomo
morango laminado
mirtilos
gelo q. b.

Modo de Preparar:
Coloque bastante gelo num copo de pé alto. Rejeita a água que se formou. Verta o gin.
 Passe o zest de limão pelo bordo do copo e, adicione os restantes ingredientes. Com a ajuda de uma colher em espiral verta a água tónica com muito cuidado. Mexa ligeiramente e, depois é só degustar calmamente...


Não se esqueça:  «Seja responsável, Beba com moderação».

segunda-feira, 4 de maio de 2015

Rosas de Maçã

Nem imaginam o sucesso que irão fazer com esta sobremesa. Rápida, simples e deliciosa. O mérito não é meu, existem várias receitas disponíveis na internet.
Requisitos necessários: um pouco de paciência e de jeito...



Para 6 rosas.

Ingredientes:
2 maçãs vermelhas, saborosas e rijas
Sumo de 1/2 limão
água q. b.
1 colher (sopa) de açúcar
1 placa retangular de massa folhada
canela em pó q. b.
Compota a gosto q. b. (usei de frutos vermelhos)
farinha para polvilhar
açúcar em pó q. b. para decorar

Modo de Preparar:
Lave as maçãs; corte-as ao meio e retire os caroços, mantendo-as intactas. Fatie, finamente as maças.


Coloque num recipiente refratário com água, sumo de limão e o açúcar.
Leve as maças ao micro-ondas por 3 minutos; só para amolecer. Retire e rejeite a água. Reserve.
Polvilhe uma superfície com farinha e estenda a massa folhada com cuidado.
A minha massa folhada era redonda; é um pouco difícil de trabalhar, mas não impossível.
Corte a massa em 6 pedaços. Numa parte da massa, espalhe, em cada pedaço, um pouco de compota. E, por cima, disponha fatias de maçã. Com a outra parte da massa cubra a massa, deixando um rebordo, por fora. Se gostar, polvilhe com canela antes de dobrar a massa.



De seguida enrole formando a rosa. Esta operação requer algum cuidado.


Disponhas as flores num tabuleiro de cupcakes, devidamente untado.


Leve ao forno pré-aquecido a 190º, durante 30 a 40 minutos. Convém verificar. Retire e desenforme.
Sirva as Rosas de Maçã polvilhadas com açúcar em pó.



Acompanhe, esta sobremesa, com um Moscatel, bem docinho.

Bacalhau Assado com Grão à Paulo

Peixe... é sempre complicado. Ora, pelas espinhas; ora pela textura do peixe é sempre difícil e problemático fazer uma refeição com este ingrediente.
Não sei se existe esta receita; mas se não existe passou a existir. E, é muito boa.




Ingredientes:
3 postas de bacalhau
3 dl de leite
2 cebolas
2 dentes de alho (opcional; eu não usei, mas penso que faz falta)
2 latas de grão de bico cozido, pequenas
azeite q.b.
1 piri-piri
pimenta caiena q. b.
pimenta q. b.
1 folha de louro
fatias de pão torrado

Modo de Preparar:
Coloque o bacalhau numa panela e cubra-o com o leite. Tempere de pimenta. Deixe em repouso por 1 hora.


Leve ao lume até começar a borbulhar; desligue o fogo e retire o bacalhau.
Descasque as cebolas e corte-as em meias-luas finas. Coloque azeite suficiente para cobrir o fundo de uma frigideira e deite a cebola cortada (se gostar pode adicionar o alho picado); junte o piri-piri, o louro e uma pitada de pimenta caiena. Deixe cozer sem ganhar cor.


Num tabuleiro que possa ir ao forno, disponha todo o preparado de cebola. Por cima coloque as postas de bacalhau.


Regue com um fio de azeite e leve ao forno pré-aquecido a 200º.
Quando começar a alourar. Abra o forno e adicione o grão de bico, previamente lavado e escorrido. Retifique de pimenta se achar necessário. Deixe acabar de assar até obter um lindo tom dourado.



Sirva o bacalhau com pão torrado e pincelado com azeite.


sexta-feira, 1 de maio de 2015

Creme à Antiga (Leite Creme)

«Vou fazer uma travessa de creme». 
Era assim que, antigamente, se dizia na minha aldeia. Ninguém falava de leite creme. Mas era a sobremesa das festas e de dias especiais.
Aqui vai a receita desta deliciosa, e tão apreciada, sobremesa...

Ingredientes:
500 ml de leite
5 gemas de ovos
5 colheres (sopa) de açúcar 
2 colheres (sopa) de farinha de trigo (40 grs)
cascas de limão (só o vidrado)
1 pitada de sal
açúcar q. b. para polvilhar e torrar

Modo de Preparar:
À porção de leite da receita, retire 1 chávena e reserve.
Leve o restante leite ao lume com uma pitada de sal e as cascas de limão. Deixe aquecer bem, sem ferver. 
Entretanto bata as gemas com o açúcar até obter uma gemada forte e esbranquiçada. Adicione a farinha e mexa muito bem. De seguida, junte o leite que reservou. Mexa até obter um preparado homogéneo. 
Sem deixar de mexer adicione o leite quente. Bata continuamente e leve a lume brando até espessar.
Deve cozinhar lentamente até ficar consistente.
Verta o creme numa travessa ou taças individuais. 


Na hora de servir torre o creme, polvilhando com açúcar e queimando com um ferro próprio; ou polvilhe com canela.


domingo, 26 de abril de 2015

O meu Bolo de Laranja Inteira

É uma delícia de bolo; esta receita é ligeiramente diferente das que encontrei, mas é muito bom. 



1 chávena (chá) = capacidade de 250 ml

Ingredientes:
2 laranjas médias (de casca fina e, que sejam doces)
4 ovos
1 e 1/2 chávenas (chá) de açúcar
1/2 chávena (chá) de Vaqueiro liquida (pode utilizar óleo de girassol)
2 chávenas (chá) de farinha
1 colher (sopa) de fermento em pó

Modo de Preparar:
Lave muito bem as laranjas e seque-as com um pano.
Não se esqueça que têm de ter a casca fina, pois a parte branca da casca é muito amarga. Assim, para que a massa não fique demasiado ácida, opte por laranjas de casca muito fina; usei laranjas do Algarve, são muito doces e a parte branca, é praticamente inexistente.
Pré-aqueça o forno a 180º.
Corte os topos das laranjas e rejeite-os. De seguida, corte as laranjas em quatro partes e remova todos os caroços. Coloque as laranjas cortadas num liquificador ou num robot de cozinha e triture tudo. Adicione os ovos um a um e triture novamente. Junte o açúcar, aos poucos, e triture. De seguida adicione a margarina líquida e continue a triturar.
Verta a massa para uma tigela e adicione a farinha e o fermento em pó. Envolva tudo muito bem. 
Verta a massa para uma forma untada de manteiga e polvilhada de farinha.
Leve a cozer por 45 minutos.
Verifique a cozedura, utilizando um palito (se sair seco, está cozido). Retire do forno e vire o bolo num pano polvilhado de açúcar. Deixe arrefecer um pouco e transfira-o para um prato de servir.


Depois é só deliciar-se com uma... ou mais fatias.